Será que você é um ou uma porta-voz 4.0? Quais são as características de quem sabe se comunicar de acordo com os padrões de exigência do século XXI? Durante minha carreira tive a oportunidade de treinar mais de 5 mil profissionais para entrevistas, discursos e testemunhos em vídeos institucionais. Como jornalista e profissional da área de comunicação empresarial foi preciso que estivesse sempre atenta para as transformações que aconteciam também no ambiente externo, para poder orientar os executivos adequadamente.

Ao realizar uma sessão de media training na semana passada, desenvolvi para o grupo de porta-vozes uma lista com as principais características do porta-voz 4.0 e considerei interessante compartilhar com a minha rede do LinkedIn.

Porta-voz 4.0 é alguém que:

  1. Sabe horizontalizar o seu discurso. Ou seja, explica de modo simples, agradável e compreensível para que várias pessoas consigam entender.
  2. Mantem a coerência entre a atitude e discurso. Significa não mentir, não exagerar ou fazer promessas falsas. As pessoas atualmente percebem quando a prática e o discurso divergem.
  3. Usa a lógica do outro ao transmitir a informação. O que o outro vai ganhar com o meu discurso. O que estou compartilhando?
  4. Não fala de si mesmo, ou da sua área de modo descritivo. Mas demonstra seu propósito, sua proposta de valor e os benefícios mútuos. O outro saberá com clareza como ficar melhor a partir do que está sendo apresentado.
  5. Inovação. Sim, até no discurso ela aparece. Neste caso sob a forma de criatividade. Usar formas inovadoras para apresentar ideias é sem dúvida a principal característica do bom porta-voz do século XXI.
  6. Valoriza a comunicação como uma ferramenta de negócio e está presente em todas as mídias, conhecendo o que pode exigir e como se comportar em cada um dos novos canais.

Certo, mas esse é um descritivo do que o porta-voz 4.0 deve fazer. Mas como é possível desenvolver essas habilidades e se tornar um porta-voz 4.0?  A pergunta é: como ser um porta-voz 4.0? Observei que os executivos, empresários, advogados e todos aqueles que pretendem apresentar as suas ideias pedem sempre fórmulas prontas e cada vez mais o que se valoriza na verdade é o diferencial de cada um. Então, a resposta para “como ser o porta-voz 4.0” está também associada com o estilo de cada um.

É preciso entender que tipo de perfil você tem e como se sente confortável em comunicar da melhor forma dentro do seu jeito. Para começar a descobrir seu perfil, responda a essa pergunta: Qual é a história que você mais gosta de contar e que você percebe que as pessoas escutam com atenção? Veja a forma como você conta, o contexto. Verifique se você usa de humor, de ironia, de indignação, de justificativas, de mistério ou de ineditismo. A partir daí, treine, treine e treine…

Sheila Magri